21 de fevereiro de 2024 12:42

Suzano terá mais de 50 animais para adoção no primeiro “Baby, Me leva”

Compartilhe este conteúdo...

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente, por meio do setor de Bem-Estar Animal, promove neste domingo (04/02), no Parque Municipal Max Feffer, a primeira edição do projeto “Baby, me Leva!” de um total de 20 projetados para o ano. O evento, destinado à adoção de cães e gatos, contará com 50 animais que estarão à espera de um novo lar. 

A atividade ocorrerá nas dependência do parque, situado na avenida Senador Roberto Simonsen, 90, no bairro Jardim Imperador, das 10 às 17 horas, porém, para levar os animais para casa, os candidatos responderão um questionário realizado por Organizações Não Governamentais (ONGs), entidades e protetores parceiros com o objetivo de verificar as condições dos interessados em ter um animal de estimação e garantir que eles não sofram maus-tratos. Além disso, será preciso apresentar um documento de identidade com foto, CPF e comprovante de residência.

A pasta reforça que protetores de animais e entidades que desejarem participar da iniciativa podem entrar em contato com a administração municipal por meio do telefone (11) 4745-2055 ou do e-mail babymeleva@suzano.sp.gov.br. Os pets disponíveis também podem ser visualizados pelo link www.suzano.sp.gov.br/baby-me-leva. Desde 2021, foram cadastrados 509 animais no site, sendo que 286 foram adotados e 223 seguem à espera de um tutor.

No ano passado, 613 animais, sendo 420 cães e 193 gatos, foram adotados nos 22 eventos organizados pela prefeitura. Para 2024, estão reservadas, além desta ação do dia 4 de fevereiro, outras 19 datas destinadas a essa finalidade. Na maior parte dos meses do ano serão realizadas duas edições do “Baby, me Leva!”, com exceção de meses de outubro e dezembro, que receberão uma edição do projeto.

O secretário municipal de Meio Ambiente, André Chiang, agradeceu a adesão da população suzanense ao projeto. “Desde 2021, ano em que iniciamos o ‘Baby, Me Leva!’, aumentamos a cada dia o número geral de adoções. Tudo isso é possível graças ao grande trabalho executado pela equipe de Bem-Estar Animal e, principalmente, por todos os munícipes da nossa cidade, que ofertam um lar próspero, alegre e feliz aos animais”, afirmou o titular da pasta.

Já na visão da primeira-dama Larissa Ashiuchi, adotar um animal é um gesto de amor e carinho que pode impactar vidas. “Muitos benefícios são proporcionados quando um novo amigo pet passa a fazer parte do nosso lar, como alívio de sintomas de ansiedade e estresse, além do estímulo à prática de atividade físicas. Convido todos a comparecerem ao Max Feffer e, possivelmente, voltarem com um novo amigo para casa”, finalizou.

Compartilhe este conteúdo...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

categorias

ÚLTIMAS NOTÍCIAS