25 de junho de 2024 14:42

NOS BASTIDORES DE BERTIOGA…

Compartilhe este conteúdo...

TAXISTAS 1
Nesta semana, durante sessão ordinária, os vereadores solicitaram mais licenças para taxistas. Segundo a discussão, existe aumento significativo de usuários que utilizam deste transporte.

TAXISTAS 2
Ainda na sessão, também foi apresentada denúncia de taxistas que vêm de outras cidades e acabam atuando em Bertioga. Os vereadores pediram mais fiscalização sobre o caso.

SEGURANÇA
Também foi do legislativo, o pedido do retorno da Rocam (patrulhamento de motociclista) feito pelos policiais militares ou a Guarda Civil.  ”A fuga dos meliantes geralmente acontece de moto. Se a polícia corresponder também com moto, fica mais difícil do bandido zarpar”, estacaram.

ESCOLA
No Indaiá, terra esquecida pela administração, uma escola municipal vem sendo alvo de depredações. Já houve denúncias de que três janelas precisam de vidros e nenhuma atitude foi tomada. Pelo jeito, o secretário de Educação tem intenções de derrubar o prefeito. Por que tanta demora secretário? Um mês depois que fizeram a medição dos vidros, ainda não foi colocado. Meu Deus! Vale ressaltar que esse local ainda fica perto da caixa de relógio, podendo causar choque.

POR FALAR…
Na escola daquela banda do Indaiá, tem uma instituição de ensino que os moradores clamam por cobertura na quadra esportiva, além de manutenção que precisa ser feita em toda a sua extensão. Alô, secretário, mais ação e agilidade!

RECICLAGEM
Você sabia que o Galpão de Reciclagem ficou mais de 11 dias sem energia elétrica? São situações como essa que atrapalham todo o time. Ainda bem que em Bertioga não tem oposição, senão, a vaca teria ido para o brejo há muito tempo.

BATEU DE FRENTE
O vereador Matheus Rodrigues (PSD), do mesmo partido do prefeito, vem se incomodando com algumas atitudes que ocorrem na administração pública. Lembrando que o parlamentar é pré-candidato a prefeito do próximo ano. Será que consegue espaço dentro do PSD?

PESQUISA
Muitas pessoas questionaram sobre a primeira pesquisa espontânea divulgada pela reportagem na última semana. Nesse módulo, todos estão empatados. Um ou outro se diferenciam.

BOMBA!
Não se assuste se no próximo ano estourar uma bomba envolvendo algumas autoridades na cidade. A reportagem recebeu vários documentos com indícios fortes de contratos superfaturados e de supostos “esquemas” cabulosos. Se ficar comprovado, os envolvidos podem parar na cadeia.

Compartilhe este conteúdo...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

categorias

ÚLTIMAS NOTÍCIAS