28 de fevereiro de 2024 13:28

Mogi: Maioria dos bairros da região leste tem normalização no abastecimento de água

A alta no consumo faz com que os reservatórios sejam esvaziados mais rapidamente do que o tempo que leva para enchê-los Foto: Divulgação

Compartilhe este conteúdo...

O Semae de Mogi das Cruzes informa que, nesta quinta-feira (16/11) o abastecimento de água foi normalizado na maioria dos bairros da região leste. Desde o fim de semana, houve falta d’água nessa área da cidade, devido à onda de calor que provocou um aumento acentuado do consumo de água e, como consequência, a queda brusca no nível de alguns reservatórios. Além disso, houve picos/quedas de energia elétrica que afetaram a estação de captação, estações de tratamento e elevatórias – que fazem o bombeamento da água.

As intermitências no fornecimento de energia, mesmo que resultem em paradas de curta duração, impactam de forma mais ampla o abastecimento porque, diferentemente do que ocorre com a energia elétrica, em que, na retomada, é possível religar eletroeletrônicos de forma imediata, com o abastecimento de água é diferente, pois a cada queda de energia, o sistema para e, no retorno, é necessário reiniciar todo o processo de captação, tratamento e distribuição.

A autarquia está mantendo contato com a concessionária EDP.

Normalização
Quanto à situação do abastecimento, nesta quinta (16), a distribuição de água está normal na cidade, mas ainda podem ocorrer problemas de baixa pressão nos pontos mais altos do Residencial Veredas e na região Jardim São Pedro, ambos em Cezar de Souza, na região leste.

O Semae vem intensificando serviços de manutenção e de caça-vazamentos.

Os núcleos isolados de Biritiba Ussu e Jardim Boa Vista estão sem água nesta quinta, pois o sistema ainda está em recuperação devido a uma queda de energia (por parte da EDP), na tarde de quarta (15), que só foi religada nesta quinta (16). Taiaçupeba estava sem energia pelo menos até o início da tarde desta quinta, o que também afeta o abastecimento de água.

Onda de calor e alta demanda
O problema de falta d’água por excesso de demanda provocada pela onda de calor vem ocorrendo não apenas em Mogi das Cruzes. Há notícias de situações semelhantes em São José dos Campos, Jaguariúna, Mogi Guaçu, Vinhedo, Região Metropolitana de Belo Horizonte e dezenas de cidades do Espírito Santo, entre outras regiões.

A alta no consumo faz com que os reservatórios sejam esvaziados mais rapidamente do que o tempo que leva para enchê-los.

Por determinação do prefeito Caio Cunha, nossas equipes estão empenhadas em resolver essa situação e normalizar o abastecimento o mais rápido possível. Entretanto, é preciso ressaltar a importância de a população, economizar água. Isso é necessário não somente em dias de grande demanda, mas no dia a dia”, afirma o diretor-geral adjunto do Semae, Michel Reche Beraldo.

Orientações
A autarquia reitera a orientação para quem ainda não tem caixa d’água que providencie a instalação de um reservatório no imóvel, e também reforça a recomendação aos moradores para utilizarem com economia a água armazenada em suas caixas-d’água, evitando a limpeza de carros e quintais e o desperdício em tarefas domésticas essenciais como a lavagem de louças e de roupas, além de reduzir o tempo de banho.

Ter um reservatório é fundamental para evitar transtornos durante os trabalhos de manutenção da rede ou outras intervenções que exigem a interrupção do abastecimento.

A reserva de 200 litros para cada morador é suficiente. Assim, uma casa com cinco pessoas deve ter uma caixa com capacidade para mil litros. Isso garante o abastecimento da residência por até 24 horas sem fornecimento de água pela rede (veja mais dicas de economia no final deste texto).

Atendimento
Desde o fim de semana, alguns consumidores se queixaram do fato de não conseguir falar com o Semae. A autarquia esclarece novamente que, na segunda-feira (13/11), o telefone 115 ficou inoperante durante a manhã e início da tarde, o que dificultou o contato de alguns moradores. Na ocasião, a operadora Vivo informou que realizava manutenção na linha. O serviço foi restabelecido à tarde e segue em operação normal

Moradores que ainda enfrentarem problema de falta d’água podem entrar em contato com o Semae pelo telefone 115 ou pelo Whatsapp, no número (11) 95807-3381.

Comunicados
É importante esclarecer que sempre que se trata de uma manutenção preventiva ou qualquer evento previsto há divulgação antecipada nos sites da Prefeitura e do Semae, com ampla divulgação na imprensa local.

Somente em casos emergenciais e não previstos é que não há como fazer uma divulgação antecipada, a exemplo da situação ocorrida no fim de semana, que não foi uma manutenção programada, mas um problema emergencial de abastecimento.


DICAS PARA ECONOMIZAR ÁGUA:
• Tome banhos de, no máximo, 5 minutos, e feche o chuveiro enquanto se ensaboa;
• Feche a torneira enquanto escova os dentes (ou, melhor ainda, use um copo com água);
• Se utiliza máquina de lavar, faça isso com o equipamento cheio (apenas quando tiver carga suficiente para completá-lo)
• Feche a torneira ao ensaboar as louças;
• Evite utilizar a mangueira para lavagem de veículos. Opte pelo balde;
• Evite a mangueira para regar plantas. Use regador;
• Não use mangueira para limpeza de calçada. Utilize vassoura;
• Sempre que possível, reutilize água (a água que sai da máquina de lavar, por exemplo, pode ser usada para lavar quintal, banheiro, calçada etc.);
• Não utilize o vaso sanitário como lixeira;
• Identifique possíveis vazamentos internos e, se constatados, faça os devidos reparos.

Compartilhe este conteúdo...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

categorias

ÚLTIMAS NOTÍCIAS