18 de julho de 2024 08:15

No data was found

Mogi: Advogado Jair Araujo questiona pagamentos de R$ 56 milhões para a Mob

Araujo informa que se houver ilegalidade, denunciará o caso ao MP Foto: Divulgação

Compartilhe este conteúdo...

Fiscalizar a destinação do dinheiro público na cidade mogiana, tem sido um dos trabalhos do advogado Jair Araujo, que na tarde do dia 30 de janeiro, protocolou, na Prefeitura Municipal de Mogi das Cruzes, requerimento, solicitando à administração pública, comandada pelo prefeito Caio Cunha (Podemos), informações sobre os altos valores de dois pagamentos feitos para a empresa Mogi Mob Transportes de Passageiros Ltda., concessionária responsável pelo transporte coletivo no município, totalizando o montante de R$ 56 milhões.

O profissional da advocacia também frisou que essa fiscalização faz parte do trabalho dos vereadores, no entanto, estariam fazendo vistas grossas para este caso.

Solicitei que a municipalidade me forneça as planilhas e o contrato, porque a empresa reduziu os serviços, alegando que o período de pandemia do Coronavírus, prejudicou-a, mas nem o Poder Público, muito menos os contribuintes, devem arcar com essa responsabilidade, que é da concessionária, que deve assumir esses riscos”.

Ele comentou que de acordo com a Lei Orgânica Municipal (LOM), a gestão tem 15 dias para responder o documento. “Se forem constatadas ilegalidades, vamos propor ação popular para ressarcir os cofres públicos, bem como comunicar o Ministério Público para eventual ação de improbidade administrativa”, alertou.

Compartilhe este conteúdo...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

categorias

ÚLTIMAS NOTÍCIAS