23 de abril de 2024 08:10

Governo Federal ameaça retirar cargos e verbas de deputados que assinaram impeachment de Lula

Deputados deverão ser menos assistidos após assinarem pedido de impeachment contra Lula

Compartilhe este conteúdo...

Retaliação? Membros do Governo Federal teriam dito a lideranças da Câmara, que medidas serão tomadas contra os parlamentares que assinaram o pedido de impeachment do presidente Luís Inácio Lula da Silva, o Lula (PT), em decorrência do chefe do executivo brasileiro ter comparado as mortes na Faixa de Gaza com o Holocausto que dizimou cerca de seis milhões de Judeus.


O deputado José Guimarães (PT), líder do governo na Câmara foi o responsável por repassar as informações durante reunião nesta semana. O entendimento é de que os deputados assinantes do pedido perderão cargos e serão menos beneficiados com emendas parlamentares.


“Quem assinou o impeachment do presidente está dizendo claramente que não está na base, portanto, se tinha algum tipo de espaço no governo, tem que perder. Quem assinou tem que decidir de que lado está: ao lado de Lula ou contra”, disse o deputado Alencar Santana (PT).


A deputada Carla Zambelli (PL) foi autora do pedido de impeachment que conta com 139 assinaturas.
A ofensiva de Lula é uma clara resposta de intimidação e retaliação aos parlamentares que se opuseram contra ele. As emendas servem para a manutenção do chefe do executivo no cargo, uma vez que, se dependesse do apoio popular, Lula teria problemas sérios.

Compartilhe este conteúdo...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

categorias

ÚLTIMAS NOTÍCIAS