21 de fevereiro de 2024 06:03

Assessoria de imprensa é a principal atividade de 43,4% dos jornalistas brasileiros

Compartilhe este conteúdo...

O maior fórum brasileiro de capacitação e organização de jornalistas com atuação em assessorias de imprensa e comunicação será realizado em Salvador, na Bahia, entre os dias 16 a 19 de novembro, no hotel Sol Victória Marina. Organizado pela FENAJ – Federação Nacional dos Jornalistas -, o evento de 2023 traz o tema “Assessoria de Imprensa e os Desafios da Atualidade“. De acordo com os dados da pesquisa “Perfil do Jornalista Brasileiro 2021“, realizada pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em parceria com diversas entidades, entre elas a FENAJ, mais de 1/3 dos jornalistas brasileiros (34,9%) trabalham fora da mídia, contemplando as atividades de assessoria de imprensa ou comunicação, produtoras de conteúdo para mídias digitais ou outras ações que utilizam conhecimento jornalístico. Desse universo, 43,4% declaram que sua atividade principal é realizada em assessorias de imprensa.  

Os números revelam a importância do debate sobre a atualização da regulamentação profissional dos jornalistas para inclusão da função de assessor de imprensa. Esse será tema de um dos painéis do 22º Encontro Nacional de Jornalistas em Assessoria de Imprensa (ENJAI), que conta com apoio do Governo do Estado (através das Secretarias de Comunicação e de Turismo), Prefeitura de Salvador, Assembleia Legislativa da Bahia e Sindicato dos Fazendários da Bahia (Sindsefaz). “Decorridos mais de 40 anos desde a última atualização da Regulamentação Profissional, o Decreto nº 83.284 – em que pese os avanços que o mesmo proporcionou – precisa ser atualizado para atender as necessidades do novo contexto da profissão de jornalista, especialmente em decorrências das mudanças tecnológicas, sociais, econômicas e culturais e também para fazer o enfrentamento à precarização e à retirada de direitos”, afirma a presidenta da FENAJ, Samira de Castro, que participará do painel, juntamente com o advogado Victor Gurgel. “A ausência da atividade de Assessoria de Imprensa da regulamentação favorece a retirada de direitos, a precarização, os conflitos e as divergências com outras categorias da comunicação”, informa oo presidente do Sindicato dos Jornalistas da Bahia (Sinjorba), Moacy Neves, que também é primeiro secretário da FENAJ.

 “O mundo mudou. As novas tecnologias comunicacionais são uma realidade nas redações e assessorias de imprensa, mas a informação de interesse público, que é a matéria-prima do Jornalismo, continua dando as regras nas assessorias também”, afirma a presidente da Federação Nacional dos Jornalistas (FENAJ), Samira de Castro. Além da capacitação profissional, o Encontro também prioriza a organização dos jornalistas com atuação em assessorias de imprensa. Esta edição traz temas como a atualização da regulamentação profissional para incluir o segmento que hoje emprega um terço dos jornalistas brasileiros. “Precisamos de organização política para exigir o cumprimento dos direitos dos jornalistas assessores de imprensa”, alerta Samira.

Programação – sujeita a alterações

Dia 16/11 – quinta-feira

12h – Recepção aos participantes

13h – Credenciamento

14h – Minicursos: Assessoria de Imprensa Digital (Yuri Almeida – BA) e Produção de Podcast voltado à Assessoria

15:30h – Minicursos: Gestão de Negócios para Jornalistas (Suely Temporal – BA) e Aplicabilidades da Inteligência Artificial (Gabriela de Paula – BA)

17h10 – Plenária de Abertura

18h40 – Coffee Break

19h – Abertura Solene

20h – Conferência de Abertura: “Inovação, Regulamentação, Precarização e Pós-Verdade nas Assessorias de Imprensa” (Boanerges Lopes – MG)

Dia 17/11 – sexta-feira

8h30 às 10h10 – Painel “Responsabilidade Profissional e Ética em Tempos de Pós-Verdade”

10h20 às 12h – Painel “Impacto das Tecnologias Digitais no Cotidiano das Redações e Assessorias” (Guilherme Pichonelli – SP e Naiana Rodrigues da Silva – CE)

12h às 13h30 – Almoço

13h30 às 15h10 – Painel “Ensino de Jornalismo e as Exigências do Mercado de Trabalho” (Vera Longuini – SP e André Santana – BA)

15h20 às 16h50 – Painel “Jornalismo e Desafios à Implementação de Práticas Sustentáveis

17h – Apresentação de cases de Assessoria de Imprensa

1) Assessoria de Imprensa na Construção da Cidadania

2) Redes Sociais como Instrumento de Comunicação com a Sociedade

3) Práticas Sustentáveis no Relacionamento com Consumidores e o Público

19h – Final do Credenciamento / Confraternização

Dia 18/11 – sábado

8h30 às 10h10 – Painel “Nova Regulamentação como Instrumento de Combate à Precarização” (Samira de Castro – CE)

10h20 às 12h – Painel “Desafios Sindicais após a Implantação da Contrarreforma Trabalhista” (Victor Gurgel – BA e Ana Georgina – BA)

12h às 13h30 – Almoço

13h30 às 14h30 – Conferência de Encerramento: “Sindicato do Futuro em um Cenário de Desemprego e Informalidade” (Clemente Ganz Lúcio – SP)

14h30 às 18h – Plenária Final

21h – Festa de Confraternização

Dia 19/11 – domingo

Dia livre para atividades culturais e turísticas

Compartilhe este conteúdo...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

categorias

ÚLTIMAS NOTÍCIAS