23 de abril de 2024 07:22

Saúde de Suzano completa 40 dias de ações contínuas de prevenção à dengue

Medidas tiveram início com a nebulização e seguiram com a implantação do projeto ‘Aedes do Bem’, decretação do estado de emergência e início da vacinação Foto: Luana Bergamini

Compartilhe este conteúdo...

A Secretaria de Saúde de Suzano completa nesta sexta-feira (08/03) o 40º dia de ações contínuas de prevenção à dengue. Durante o período, a prefeitura se mobilizou para reduzir a transmissão da doença com a intensificação da nebulização em bairros com maior incidência de casos; a implantação do projeto “Aedes do Bem”; a decretação do estado de emergência e a vacinação, que está sendo ofertada em 12 postos de saúde e escolas municipais.

Com o objetivo de combater o mosquito Aedes aegypti a partir da nebulização, equipes da administração municipal começaram a circular, entre 29 e 31 de janeiro, no bairro Jardim Varan, com o veículo que espalha a névoa de inseticida. Logo depois, o serviço se estendeu à Vila Amorim, onde a ação permaneceu por mais três dias, entre 1º e 3 de fevereiro. Nos dias seguintes também foram contemplados, entre outras localidades, o Jardim Revista, o Jardim Monte Cristo e a Vila Urupês, e, novamente, a Vila Amorim durante o começo desta semana. Para intensificar a ação, a pasta vai utilizar dois automóveis.

Em 6 de fevereiro, Suzano promoveu a implantação do projeto “Aedes do Bem” no Jardim Varan, realizado em parceria com a empresa Prime Soluções Ambientais, por meio da tecnologia Oxitec. Foram instaladas 90 caixas contendo ovos dos mosquitos machos autolimitantes, que não picam e não transmitem doenças, com o objetivo de diminuir a população de Aedes aegypti local por meio do cruzamento com as fêmeas, que são responsáveis pela transmissão da dengue.

Uma semana depois (14/03) foi publicado na Imprensa Oficial o Decreto nº 10.019, que declarou “Estado de Emergência e Alerta Epidemiológico” para reforçar as medidas necessárias de contenção da transmissão. O documento também teve o objetivo de intensificar a mobilização da população nas ações de combate ao mosquito, principalmente em relação à eliminação de água parada nos recipientes, levando-se em consideração que, neste período de verão, as condições climáticas propiciam as situações ideais e favorecem a proliferação do vetor.

Já em 20 de fevereiro, a Prefeitura de Suzano deu início à vacinação contra a dengue nos 24 postos da rede pública municipal. As doses do imunizante QDenga, desenvolvido pelo laboratório japonês Takeda Pharma, foram retiradas um dia antes (19/02), no Centro de Vigilância Epidemiológica do Estado em Mogi das Cruzes, para serem administradas em 8.409 crianças de 10 e 11 anos. No sábado seguinte (24/02), foi promovida uma ação especial para ofertar o imunizante no Parque Municipal Max Feffer, na Unidade de Saúde da Família (USF) Eduardo Nakamura e no Hipermercado D’avó. A campanha de vacinação contra a dengue também foi estendida para as escolas municipais. 

Buscando promover o máximo de imunização possível do público-alvo com a primeira dose, a campanha de vacinação foi estendida para as escolas municipais, além da aplicação nas unidades de saúde terem sido concentradas nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) Alzira Pereira Mayer, no Jardim Alterópolis; Vereador Octacilio de Carvalho Schiavi, no Jardim Dona Benta; José Mariano de Souza Coutinho Júnior, no Jardim Colorado; Maria de Lourdes Cardoso Mathias, no Jardim Vitória; Prefeito Alberto Nunes Martins (CS II), no Jardim Paulista; e Prof. João Olimpio Neto, no Jardim Casa Branca; Palmeiras e Jardim Tabamarajoara e nas USFs Dr. Eduardo Nakamura, no Miguel Badra Baixo; Manuel Evangelista Oliveira, no Jardim São José; Onésia Benedita Miguel, do Jardim Suzanópolis; e Vereador Marsal Lopes Rosa, na Vila Amorim.

Os endereços e telefones das unidades podem ser conferidos por meio do link bit.ly/EnderecosUBS. Até esta quinta-feira, 3.796 crianças haviam recebido a primeira dose do imunizante.

O secretário Diego Ferreira afirmou que a pasta desenvolve estratégias diversas para reduzir a transmissão da doença no município. “Buscamos diferentes alternativas, desde as mais tradicionais, como a nebulização, até as mais inovadoras, como o ‘Aedes do Bem’. Temos disponibilizado ainda as vacinas em diversas unidades de saúde e nas escolas municipais, para contemplar as crianças de 10 e 11 anos. Nosso objetivo é preservar a população com o trabalho que tem sido desenvolvido em todas as regiões do município”, declarou Ferreira.

Por sua vez, o prefeito Rodrigo Ashiuchi ressaltou que a prefeitura não tem medido esforços para garantir a proteção dos moradores. “Estamos completando 40 dias de atividades ininterruptas de combate à dengue. Intensificamos nossas ações ainda em janeiro e vimos uma mobilização expressiva ao longo de fevereiro, que seguirá neste mês com a atuação das nossas equipes e apoio da população. As medidas que estão sendo adotadas mostram o cuidado que estamos tendo para lidar com essa situação”, destacou Ashiuchi.

Compartilhe este conteúdo...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

categorias

ÚLTIMAS NOTÍCIAS