21 de maio de 2024 08:26

Na atualidade, quase um milhão de judeus se identificam como seguidores de Jesus Cristo

Adoradores judeus visitam o Monte do Templo, onde acredita-se que esteja o túmulo de Jesus Foto: Divulgação

Compartilhe este conteúdo...

Paralelamente à peregrinação anual de dezenas de milhares de cristãos ao Jardim do Túmulo, em Jerusalém, onde se acredita que Jesus foi sepultado antes de sua ressurreição, tem ocorrido fenômeno que provoca o aumento dos questionamentos existenciais entre os judeus, incluindo reflexões sobre a identidade de Jesus e se Ele é mesmo o Messias tão aguardado por todos!

Na atualidade, quase um milhão de judeus se identificam como seguidores de Jesus. Enquanto em 1948, apenas um punhado deles acreditava que Jesus era o Messias, estudos recentes indicam que entre 15.000 e 30.000 judeus israelenses agora O seguem.

Para o escritor e editor-chefe americano-israelense do All Israel News, Joel Rosenberg, a importância dessa indagação existencial durante um período tumultuado na história de Israel, com a guerra contra o Hamas, se faz necessária.

Durante visita ao local onde se acredita que esteja o túmulo de Jesus, Rosenberg entrevistou Victor Kalisher, um proeminente líder judeu messiânico em Israel e chefe da Sociedade Bíblica Israelense.

Nascido em uma família judaica messiânica conhecida e influente em Israel, compartilhou sua jornada pessoal e o senso de chamado para compartilhar a Palavra de Deus com outros israelenses.

Neste momento em que muitos judeus estão lidando com questões profundas sobre Deus, a Bíblia e a verdadeira identidade de Jesus, ele enfatizou a relevância das pessoas lerem as Escrituras e tomarem decisão pessoal sobre aceitar ou rejeitar Jesus.

Compartilhe este conteúdo...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

categorias

ÚLTIMAS NOTÍCIAS