19 de maio de 2024 01:50

Força-tarefa de SP realiza mais de 1,8 mil atendimentos a vítimas do RS

Policiais militares de São Paulo atuam na localização e socorro médico de vítimas soterradas, salvamento de pessoas ilhadas e busca de desaparecidos Foto: Divulgação

Compartilhe este conteúdo...

Os profissionais enviados pelo Governo de São Paulo para auxílio às vítimas dos temporais no Rio Grande do Sul já efetuaram mais de 1.865 mil atendimentos nas regiões afetadas por enchentes e deslizamentos. No último domingo (5), mais duas equipes da Defesa Civil foram enviadas para reforçar o apoio à população e dar continuidade aos trabalhos de resgate no território gaúcho, incluindo o coordenador estadual de Proteção e Defesa Civil, coronel Henguel Pereira.

O Governo de SP mandou até o momento 5 equipes de Defesa Civil, com 16 militares e um geólogo. Além disso, o coronel Henguel Pereira, que também é presidente do Congepdec, Conselho Nacional de Gestores de Proteção e Defesa Civil, fez um chamamento a todas as Defesas Civis do país e será montado um gabinete de crise nacional em Santa Cruz do Sul.

Entre os atendimentos das equipes paulistas, está o resgate de pacientes no hospital de Canoas, que precisou ser evacuado por conta do aumento do nível das águas. Foi preciso abrir buracos nas paredes da unidade para a retirada das pessoas internadas. O resgate contou com a participação de duas equipes do Corpo de Bombeiros.

Também houve a remoção aérea com suporte médico de uma idosa internada em estado crítico e o resgate de um grupo ilhado em uma escola.

Policiais militares de São Paulo, com agentes do Corpo de Bombeiros e do Comando de Aviação, atuam na localização e socorro médico de vítimas soterradas, salvamento de pessoas ilhadas e busca de desaparecidos.

Além de três helicópteros Águia, um avião King Air também foi colocado à disposição pela Secretaria de Segurança Pública de São Paulo para apoiar o transporte de equipes até o sul do país.

Até o início da noite do último domingo, 865 vítimas já tinham sido resgatadas pelo Corpo de Bombeiros em parceria com o Comando de Aviação. Os profissionais do Corpo de Bombeiros foram responsáveis por resgatar 668 pessoas. Já o Comando de Aviação, responsável pelos três helicópteros Águia, socorreu 197 pessoas e 29 animais. As equipes também utilizam sete embarcações na retirada segura de vítimas ilhadas pelas enchentes.

Além das duas novas equipes enviadas neste domingo, a Defesa Civil do Estado conta com agentes no Vale do Taquari para a instalação de um centro logístico humanitário. Já o grupo que oferece atendimento em Porto Alegre está dando apoio ao centro logístico central.

Até o último domingo, a Defesa Civil paulista registrou 1 mil atendimentos no sul do país. Ao todo, são 64 profissionais paulistas no socorro à população gaúcha, entre bombeiros, enfermeiros, geólogos e militares, além do apoio de dois cães farejadores.

Compartilhe este conteúdo...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

categorias

ÚLTIMAS NOTÍCIAS