18 de julho de 2024 09:02

No data was found

Direita quer dominar eleições deste ano, com frente composta por PL, Republicanos, PP e Novo

Eleitores exercerão o poder da urna, na hora do voto, em outubro, que será decisivo nestas eleições Foto: Divulgação

Compartilhe este conteúdo...

Ambição! Esse é o termo para ser usado em relação ao bem orquestrado plano da direita brasileira, visando as eleições municipais que ocorrem em 06 de outubro deste ano. A meta das siglas é conquistar cerca de 60% das prefeituras nas 5.568 cidades do Brasil.

Um dos principais idealizadores deste movimento, é o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL), que além de unir esforços para o seu partido conquistar 1000 prefeituras no Brasil, ainda pretende ajudar partidos de direita como Republicanos do governador do Estado de São Paulo, Tarcísio de Freitas, PP de Ciro Nogueira e Novo de Romeu Zema, governador de Minas Gerais.

A direita brasileira começou a entender que a consolidação de lideranças políticas e partidárias não se faz em 4 anos, a medida é um trabalho operário, que demanda tempo e consiste em dominar os mais variados tipos de eleições, como: diretórios acadêmicos, conselhos, vereadores, prefeitos, deputados, governadores, senadores e por fim, a presidência da república.

As medidas que vem sendo plantadas para 2024, tem como foco a colheita em 2026, que é quando ocorrem as eleições para deputados, governadores, senadores e presidente. A cada dia que passa, nomes com grande capital político se unem pela causa. Nikolas Ferreira, Eduardo Bolsonaro, Ratinho Júnior, Ronaldo Caiado, Carmelo Neto, Carla Zambelli, Damares Alves, Michelle Bolsonaro estão engajados em atrair e ampliar o maior número de adeptos ao movimento.

Compartilhe este conteúdo...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

categorias

ÚLTIMAS NOTÍCIAS