19 de julho de 2024 23:38

No data was found

O desmonte do patrimônio público com as privatizaçõesdo governador Tarcísio

O futuro dirá quem foi o beneficiado com esses leilões, mas o povo paulista já está perdendo Foto: Divulgação

Compartilhe este conteúdo...

Liquidação. Este é o termo a ser usado pelas ações que vêm sendo orquestradas pelo governador do Estado de São Paulo, Tarcísio de Freitas (Republicanos). Parece que a única prioridade do comandante é lucrar, vendendo todo o patrimônio público do Estado. Toda semana, um novo leilão é anunciado, e quem sofre é a população que vê seu bolso constantemente onerado por novas taxas e custos.

A Sabesp, responsável pelo saneamento básico, está na lista de privatizações, comprometendo o acesso à água e ao tratamento de esgoto. O projeto de terceirização do ensino público ameaça a qualidade e a inclusão na educação. As concessões de rodovias para pedágios aumentam os custos de deslocamento para os motoristas, estudantes e comerciantes, principalmente os da região do Alto Tietê.

A população, que paga impostos, vê seus direitos diminuírem. A venda do patrimônio público pode trazer benefícios financeiros a curto prazo, mas a longo prazo, os cidadãos arcam com serviços ineficientes e caros. O governador Tarcísio de Freitas parece mais focado em fazer caixa do que em garantir o bem-estar da população.

Compartilhe este conteúdo...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

categorias

ÚLTIMAS NOTÍCIAS