30 de agosto de 2019

Em dois anos e meio, Prefeitura entrega 23 conjuntos habitacionais

A Prefeitura de São Paulo já entregou 7.437 unidades habitacionais desde 2017. Mais 73 empreendimentos seguem em fase de obras. Quando concluídos, disponibilizarão 15.319 novas moradias na cidade.
O Programa de Metas da Habitação (2017-2020) está estruturado com uma diversidade de programas que se dividem em três metas principais. A primeira é subdividida em dois projetos estratégicos: a Casa da Família e o programa de Locação Social, que juntos preveem a construção ou a reforma de 25 mil unidades habitacionais, sendo 24 mil para aquisição e mil para locação.
Hoje, o Poder Público possui sete empreendimentos, totalizando 937 unidades, contemplados pelo programa de Locação Social. O Residencial Asdrúbal do Nascimento, que foi entregue em fevereiro deste ano, é o primeiro conjunto habitacional voltado para moradores em situação de rua e beneficia 34 famílias retiradas de um contexto de forte vulnerabilidade social.
A segunda meta refere-se ao programa de Regularização Fundiária, que visa beneficiar 210 mil famílias com termos de posse ou quitação até 2020. De janeiro de 2017 a julho de 2019, 57.066 já foram beneficiados por procedimentos de regularização fundiária. Referente aos termos de quitação, 71.581 famílias receberam da Sehab e da Cohab suas documentações.
A terceira e última meta tem como objetivo contemplar 27.500 famílias por meio do programa de Urbanização Integrada de Assentamentos Precários. De janeiro de 2017 até o final do primeiro semestre de 2019, 8.760 famílias foram beneficiadas.


Entregas:
Os investimentos em habitação da Prefeitura de São Paulo contemplam diversas regiões da cidade. Na região da Brasilândia, Zona Norte, o Conjunto Habitacional Augusto Amaral vai beneficiar 300 famílias e tem previsão de entrega para o segundo semestre deste ano. No M’Boi Mirim, Zona Sul, a entrega do Conjunto Ponte Baixa-Guido Caloi irá viabilizar 1.000 unidades em quatro condomínios até o final de 2019.
Na Zona Leste, o Residencial Osório tem entrega prevista para novembro desse ano e irá contemplar 365 famílias da região do Itaim Paulista.